24 maio, 2013

Símbolos de Transporte de Matérias Perigosas






O veículo a hidrogênio com um perigo menor que os derivados do petróleo, com um valor de mercado aos níveis da gasolina no que se refere ao veículo, suponde que se usá o veículo a hidrogênio com motor de combustão interna, é sem duvida a melhor solução a implementar para o veiculo particular.
No setor do transporte publico os autocarros a celulas de Hidrogenio já fazem a delicia de muitas pessoas em muitas cidades espalhadas pelo mundo.

Símbolo, descrição da classe ou subclasse de risco e exemplos

 

SímboloClasse ou Subclasse de RiscoExemplos
subclasses_1.1_1.2_1.3.png
Subclasse 1.1 - Substâncias  e artigos com risco de explosão em massa (uma explosão em massa é a que afeta virtualmente toda a carga, de maneira praticamente instantânea).
Trinitroanilina
Trinitroclorobenzeno
Tritonal
Trinitrotolueno (TNT), seco
subclasses_1.1_1.2_1.3.png
Subclasse 1.2 -  Substâncias e artigos com  risco de projeção, mas sem risco de explosão em massa. 
Cartuchos para armas, projéteis inertes

subclasses_1.1_1.2_1.3.png
Subclasse 1.3 - Substâncias e artigos com risco de fogo e com pequeno risco de explosão, de projeção, ou ambos, mas sem risco de explosão em massa.  Esta Subclasse abrange substâncias e artigos que: a) produzem grande quantidade de calor radiante, ou b) queimam em sucessão, produzindo pequenos efeitos de explosão, de projeção, ou ambos. 
Picramato de sódio, seco ou umedecido com menos de 20% de água, em massa
Propelente, líquido
Dinitrofenolatos, metais alcalinos, secos ou umedecidos com menos de 15% de água, em massa
 subclasse_1.4.png
Subclasse 1.4 - Substâncias e artigos que não apresentam risco significativo.  Esta Subclasse abrange substâncias e artigos que apresentam pequeno  risco na eventualidade de ignição ou iniciação durante o transporte. Os efeitos estão confinados, predominantemente, à embalagem e não se espera projeção de  fragmentos de dimensões apreciáveis ou a grande distância. Um fogo externo não deve provocar explosão instantânea de, virtualmente, todo o conteúdo da embalagem. 
Ácido tetrazol-1-acético
Rebites, explosivos
 subclasse_1.5.png
Subclasse 1.5 - Substâncias muito in sensíveis, com um risco de explosão em massa, mas que são tão insensíveis que a probabilidade de iniciação ou de transição da queima para a detonação, em condições normais de transporte, é muito pequena.  
Substâncias explosivas, muito insensíveis, N.E.
 subclasse_1.6.png
Subclasse 1.6 - Artigos extremamente insensíveis, sem risco de explosão em massa. Esta Subclasse abrange os artigos que contêm somente substâncias detonantes extremamente insensíveis  e que apresentam risco desprezível de iniciação ou propagação acidental.
Artigos explosivos, extremamente insensíveis

subclasse_2.1.png
subclasse-2.1.png
 Subclasse 2.1 - Gases inflamáveis:  gases que a 20ºC  e à pressão de 101,3kPa: a) são inflamáveis quando em mistura de 13% ou menos, em volume, com o ar; ou b) apresentam uma faixa de inflamabilidade com ar de, no mínimo, doze pontos percentuais, independentemente do limite inferior de inflamabilidade. A inflamabilidade deve ser determinada por ensaios ou através de cálculos, conforme métodos adotados pela ISO (ver Norma ISO 10156-1990). Quando os dados disponíveis forem insuficientes para a utilização desses métodos, podem ser adotados métodos comparáveis, reconhecidos por autoridade competente. NOTA:  os aerossóis (número ONU 1950)  e os pequenos recipientes  contendo gás (número ONU 2037) devem ser incluídos nesta Subclasse quando se enquadrarem no disposto na Provisão Especial nº 63.
 Butano
Butileno
Ciclopropano
Cloreto de etila
Cloreto de metila
Deutério, comprimido
Etano
Éter dimetílico
Hidrogênio, comprimido
Isobutano
Metano
Propano
Propileno
Silano, comprimido

subclasse-2.2.png
subclasse_2.2.png
Subclasse 2.2 - Gases não-inflamáveis, não-tóxicos : são gases que transportados a uma pressão não-inferior a 280kPa, a 20ºC, ou como líquidos refrigerados e que: a) são asfixiantes: gases que diluem ou substituem o oxigênio normalmente exis tente na atmosfera; ou b) são oxidantes: gases que, em geral, por fornecerem oxigênio, podem causar ou contribuir para a combustão de outro mate rial mais do que o ar contribui; ou c) não se enquadram em outra subclasse. 
 Criptônio, comprimido
Dióxido de carbono, líquido refrigerado
Extintor de incêndio, contendo gás comprimido ou liquefeito
Hélio, comprimido
Hélio, líquido refrigerado
Heptafluorpropano
Hexafluoreto de enxofre
Mistura de dióxido de carbono e óxido nitroso
Neônio, comprimido
Neônio, líquido refrigerado
Nitrito de metila
Nitrogênio, comprimido
subclasse_2.3.png
Subclasse 2.3 - Gases tóxicos: Gases que:  a) são sabidamente tão tóxicos ou corrosivos para pessoas, que impõem risco à saúde; ou  b) supõe-se serem tóxicos ou corrosivos para pessoas,  por apresentarem um valor da CL 50  para toxicidade  aguda por inalação igual ou inferior a 5000 mL/m³ quando ensaiados de acordo com o disposto no  item II.1.1, do Anexo II.  NOTA: os gases que se enquadram nestes critérios por sua corrosividade devem  ser classificados como tóxicos, com um risco subsidiário de corrosivo. 
Amônia, anidra
Brometo de hidrogênio, anidro
Brometo de metila
Cianogênio
Cloreto de hidrogênio, anidro
Cloro gasoso
Dióxido de enxofre
Fluor, comprimido
Fosfina
Fosgênio
Gás de carvão, comprimido
Iodeto de hidrogênio, anidro
Metilmercaptana
Óxido nítrico, comprimido
Sulfeto de carbonila
Sulfeto de hidrogênio

classe_3.png
classe-3.png
Classe 3 - Líquidos inflamáveis: Líquidos, misturas de líquidos, ou líquidos contendo sólidos em solução ou em suspensão (como tintas, vernizes, lacas etc., excluídas as substâncias que tenham sido classificadas de forma diferente, em função de suas características perigosas) que produzem vapores inflamáveis a temperaturas de até 60,5ºC, em teste de vaso fechado, ou até 65,6ºC, em teste de vaso aberto, conforme normas brasileiras ou normas internacionalmente aceitas.
Acetaldeído
Acetona
Acetonitrila
Benzeno
Etanol
Éter dietílico
Formaldeído
Heptano
Hexano
Metanol
Óxido de propileno
Piridina
Propanol
Tolueno
Xilenos
 subclasse_4.1.png
Subclasse 4.1 - Sólidos  Inflamáveis: Sólidos que nas condições encontradas no transporte são facilmente combustíveis, ou que, por atrito, podem caus ar fogo ou contribuir para ele. Esta Subclasse inclui, ainda, explosivos insensibilizados que podem explodir se não forem suficientemente diluídos e  substâncias auto-reagentes ou correlatas, que podem sofrer reação fortemente exotérmica.
 Ácido pícrico (com, no mínimo, 30% de água, em massa)
Enxofre
Naftaleno, refinado
Nitronaftaleno
Paraformaldeído
 subclasse_4.2.png
Subclasse 4.2 - Substâncias Sujeitas a Combustão Espontânea: substâncias sujeitas a aquecimento espontâneo nas condições normais de transporte, ou que se aquecem em contato com o ar, sendo, então, capazes de se inflamarem; são as substâncias pirofóricas e as passíveis de auto-aquecimento.
Carvão ativado
Metóxido de sódio
Sulfato de potássio, anidro
Sulfeto de sódio anidro
Tributilfosfano

subclasse_4.3.png
subclasse-4.3.png
Subclasse 4.3 - Substâncias que, em Contato com a Água, Emitem Gases Inflamáveis: substâncias que, por reação com a água, podem tornar-se espontaneamente inflamáveis ou liberar gases inflamáveis em quantidades perigosas. Nestas Instruções, emprega-se também a expressão "que reage com água" para designar as substâncias desta Subclasse. 
Boro-hidreto de sódio
Fosfeto de cálcio
Hidreto de cálcio
Potássio metálico
Sódio metálico
 subclasse_5.1.png
Subclasse 5.1 - Substâncias Oxidantes: substâncias que, embora não sendo necessariamente combustíveis, podem, em geral por liberação de oxigênio, causar a combustão de outros materiais ou contribuir para isto. 
Ácido perclórico
Bromato de potássio
Bromato de sódio
Clorato de potássio
Clorito de sódio
Permanganato de potássio
Peróxido de hidrogênio
Peróxido de sódio
Persulfato de potássio
 subclasse_5.2.png
Subclasse 5.2 - Peróxidos Orgânicos: substâncias orgânicas que  contêm a estrutura bivalente − O − O − e podem ser  consideradas derivadas do peróxido de hidrogênio,  onde um ou ambos os átomos de hidrogênio foram  substituídos por radicais orgânicos. Peróxidos orgânicos são substâncias termicamente instáveis e  podem sofrer uma decomposição exotérmica auto- acelerável. Além disso, podem apresentar uma ou mais  das seguintes propriedades: ser sujeitos a  decomposição explosiva; queimar rapidamente;  ser  sensíveis a choque ou a atrito ; reagir perigosamente  com outras substâncias; causar danos aos olhos. 
Peracetato de t-butila
Peróxido de acetilacetona
Peróxido de benzoíla


Grupos de Embalagem I e II
subclasse_6.1.png
Grupo de Embalagem III
subclasse-6.1.png
Subclasse 6.1 - Substâncias Tóxicas (Venenosas): são as capazes de  provocar a morte, lesões graves, ou danos à saúde  humana, se ingeridas, inaladas ou se entrarem em  contato com a pele.  Os produtos da Subclasse 6.1, inclusive  pesticidas, podem ser distribuídos em três grupos de  embalagem:   Grupo I - substâncias e preparações que apresentam  um risco muito elevado de envenenamento;  Grupo II - substâncias e  preparações que apresentam  sério risco de envenenamento;  Grupo III - substâncias e preparações que apresentam  um risco de envenenamento relativamente  baixo.  Na classificação de um produto, devem ser  levados em conta casos conhecidos de envenenamento  acidental de pessoas, bem como quaisquer propriedades especiais do produto, tais como estado líquido,  alta volatilidade, probabilidade de penetração e efeitos  biológicos especiais. Na ausência de informações  quanto ao efeito sobre seres humanos, devem ser feitos  experimentos com animais, segundo três vias de  administração: ingestão oral, contato com a pele e  inalação de pó, neblina ou vapor. 
Acrilamida
Anilina
Benzidina
Cianeto de potássio
Cloreto de benzila
Cloreto de bário
Cloreto mercuroso
Clorofórmio
Fenol
Hidroquinona
Nitrobenzeno
Oxalato de potássio
 classe_8.png
Classe 8 - Substâncias corrosivas. São substâncias que, por ação química, causam severos danos quando em contato com tecidos vivos ou, em caso de vazamento, danificam ou mesmo destroem outras cargas ou o veículo; elas podem, também, apresentar outros riscos.
 Cloreto de ferro
Clorito de sódio
Etilenodiamina

Ácidos
clorídrico
fórmico
fosfomolíbdico
fosfomolíbdico
fosfórico
nítrico
sulfúrico

Hidróxidos de
cálcio
lítio
potássio
rubídio
sódio
 classe_9.png
Classe 9 - Substâncias perigosas diversas. Incluem-se nesta Classe as substâncias e artigos que durante o transporte apresentam um risco não abrangido por qualquer das outras classes.
Ácido 2-tiobarbitúrico
Amianto azul
Benzaldeído
Bifenilas policloradas
Dietanolamina
Dióxido de carbono, sólido (gelo seco)

Fontes: Resolução N° 420, da ANTT; Tabela de produtos perigosos e números ONU; Classificação e definição das classes de produtos perigosos; Modelos dos elementos indicativos de risco.


 ... Tudo sobre Hidrogenio, preço, consumo, etc, etc, 


 O meu nome é Duke.

 Este é o meu mundo.



 Aterramos onde você quiser, somos divulgadores da (PIEH) , Parceria Internacional Para a Economia do Hidrogênio. Soluções ambientais existem na área do hidrogênio que aleados á produção de Energia a partir da geotérmica fazem a diferença. Venha descobrir algumas de uma forma divertida ...

A energia tem de ser o mais facil de encontrar, obter.

Todo o processo e infrastrutura deve ter o menor impacto ambiental possivel (o custo do desenvolvimento e da mudanca ambiental nunca deve ser superior a propria vida)


(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio


Meu nome é Duke. Isto é o meu bolg.
Esta são Cidades do Hidrogenio e da Geotermica.
O trabalho apresentado neste blog, é um estudo de nichos sociais existentes em muitas das cidades visitadas.
Muitos dados estão incorrectos, precisam de confirmação científica. Outros dados seguiram rigorosos critérios de investigação por muitos dos autores, a quem agradeço pelo seu trabalho.
Peço desculpa por qualquer erro, baseado nas traduções do que eu escrevo aqui. Pois o meu conhecimento linguitico sobre tais linguas provem do tradutor do Google.
As marcas apresentadas aqui tem todos os direitos sobre invenções ou trabalhos científicos citados. A cópia ou reprodução é punível nos termos da lei do país em que o crime de plágio é cometido.
Obrigado ... Mid Night Duke …




...

Tudo sobre Hidrogenio, preço, consumo, etc, etc, …

 O meu nome é Duke.

 Este é o meu mundo.



 Aterramos onde você quiser, somos divulgadores da (PIEH) , Parceria Internacional Para a Economia do Hidrogênio. Soluções ambientais existem na área do hidrogênio que aleados á produção de Energia a partir da geotérmica fazem a diferença. Venha descobrir algumas de uma forma divertida ...

Sky Car 400

TARGETED PERFORMANCE

Passengers2+2
Vertical takeoff and landingYes
Emergency parachutesYes
Fuel typeEthanol
Noise level at 500 ft (Goal)65 dba
Dimensions (L x X x H)21.5’ x 8.5’ x 7.5’6.5 x 2.6 x 2.3 m
Operational ceiling36,000 ft10973 m
Takeoff and landing area35 ft dia10.7 m
Max speed @ S.L.331 mph533 km/h
Cruise / Max. speed @ 20,000'308 mph496 km/h
Rate of climb @ S.L.4,800 fpm1,463 M/min
Endurance5.9 hours5.9 hours
Disc loading140 lb/ft2684 kg/m2
Range @ 131 mph (21.3 mpg)805 miles1,213 kilometers
Net payload720 lbs327 kg
Gross weight2,400 lbs1088 kg
Continuous Engine Power (Total)720 hp537 kW
Maximum L/D12.512.5
SKYCAR 400 BROCHURE SKYCAR 400 SPECIFICATIONS


Skycar 400

Skycar M400X Prototype

The Skycar 400 will use the technology developed for the M400X prototype, shown in a brief demonstration flight above.
Skycar 400

Skycar 400

Based on the M400X prototype the Skycar 400 is a powered-lift VTOL aircraft with a projected top speed of over 350 mph and a range of ~800 miles.
- See more at: http://www.moller.com/skycar400.html#sthash.2lo04VOg.dpuf ... Tudo sobre Hidrogenio, preço, consumo, etc, etc, …
...


A energia tem de ser o mais facil de encontrar, obter.

Todo o processo e infrastrutura deve ter o menor impacto ambiental possivel (o custo do desenvolvimento e da mudanca ambiental nunca deve ser superior a propria vida)

Midnightduke




[...]

...

(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio


Meu nome é Duke. Isto é o meu bolg.
Esta são Cidades do Hidrogenio e da Geotermica.
O trabalho apresentado neste blog, é um estudo de nichos sociais existentes em muitas das cidades visitadas.
Muitos dados estão incorrectos, precisam de confirmação científica. Outros dados seguiram rigorosos critérios de investigação por muitos dos autores, a quem agradeço pelo seu trabalho.
Peço desculpa por qualquer erro, baseado nas traduções do que eu escrevo aqui. Pois o meu conhecimento linguitico sobre tais linguas provem do tradutor do Google.
As marcas apresentadas aqui tem todos os direitos sobre invenções ou trabalhos científicos citados. A cópia ou reprodução é punível nos termos da lei do país em que o crime de plágio é cometido.
Obrigado ... Mid Night Duke …



Nenhum comentário:

Postar um comentário

midnightduke8 procure este none no Google
Find in the Google this name midnightduke8

(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio
(IPHE) International Partneship for lhe Hidrogen Economy