09 junho, 2013

A longa emergência (português)


Daddy Yankee - Gasolina 



A longa emergência(*)

… é o periodo que vai desde o pico do petróleo até o seu fim ou até que outra energia o substitua e nos dê o mesmo grau ciovilizacional que este.


160 dolares
Chegara num futuro proximo…

……………..
150 dolares
Podias ter tido um lar.
Podias la estar neste momento.
Uma pequena casa.
Numa rua sossegada e solarenga.
Sem ninguem a disparar contra ti.
A ouvir os seus filhos a brincar, a saltar por cima dos aspresores.
Enquanto ela apanha banhos de sol.
Aquela que tu amas…
Aquela que te ama…
Olharias na sua direcao  e ela devolveria.te um sorriso.
E saberias que tambem estaria a perguntar.se.
Que lindos eles seriam.
Os filhos que um dia viriam a ter.
Podias ter tudo isto.
O cheiro que sentes neste momento podia ser churrasco.
Nao da tua pele. A queimar…
Esquece a dor…
Apega-te a ultima ipotesse..
Pois se nao acreditares. Quem o fara?
Basta apenas que a abraces soldado.
Abraca-a…
Vive-a, com aquela que sempre procuras-te
………..
140 dolares …Começa a guerra ...
(Geotermica alternativa ou fiasco?…)
Transportes muitas alternativas economicamente inviaveis…
Central Geotermica de Yellowstone- Aeroporto de testes de aviões a Hidrogenio…
C.A. – Fury falem comigo…
Fury – Bem vindo Steve (Capitão America)…
C.A. – Falem comigo…
Fury – Espero por ti daqui a 5 minutos junto ao avião()…
Fury – Acaba com o Dahl porque ele quer acabar contigo …
C.A. – Ok Coronel 5 minutos()…
……………….
130 dolares …
(As centrais eletricas a fuel são abandonadas…)











Transportes publicos a derivados do petroleo são substituidos… ativa
Yellowstone… Abaixo do solo…Central geotermica
C.A – O meu é Steve Rogers…
C.A. – Sou cidadão Americano …
C.A. – Mas não sou a America ?…
C.A. – O meu pais não deve ser responsabilizado pelos meus actos…
C.A. – O petroleo acabou a responsabilidade é minha …
C.A. – O fracasso é meu …
C.A. – Vocês precisam do alternativa energetica …
Dahl – Basta… Ele comprometeu o anonimato… Só capricho
Fury – Comprometeu Secretario Dahl ?? …
Fury – É primeira vez que ouço uma acusação tão descabida …
Fury – Contra o Capitão America …
Fury – Ele estara sempre que precisar…
Dahl – Isso se estiver vivo Coronel Fury …
Fury – Não o conhece…
…………
120 dolares Abandono dos veiculos a derivados do petroleo
(Corrida ao gás)
Transportes publicos a melhor alternativa
America do Norte plataforma petrolifera x…
Fury – Bem vindo Capitão America!
C.A. – A nova energia já está pronta?
Fury – Sim vieste mesmo a tempo de ver começar o seu funcionamente.
Geotermica, resolve a falta de eletricidade, mas não a mobilidade…
C.A. – E o Hidrogenio para a mobilidade? Onde está?
Fury – Soldado olha á tua volta!!!
C.A. – Fantastico, sim muito bom
Fury - É só ligar a energia eletrica produzida e já está
C.A. – Hidrogenio e Oxigenio
Fury – E ali tens o teu veiculo
C.A. – Como prometido um avião…
Avião telecomandado igual ao que os terroristas usam.
C.A. – A guerra continua…
…………..
110 dolares…
Assalto nas gasolineiras
alf – Os três Americanos!… Formem ao lado!
Lembras? Já ele te chamava assim.
O teu Alferes aquele que te treinou
cap – Cuidado –
cap – A queda não é alta
cap – Mas nunca se sabe o que encontrarás lá em baixo.
ass – A morte trará paz para mim.
ass – Para ti o Inferno
cap – Hoje não.
A chuva não basta.
O céu devia estar em chamas
Ou a sangrar
Se deus visse isto.
rep – Eu sou … … Estamos em direto de um local que poderia ser uma qualquer gasolineira
rep – Lá dentro todos foram feitos prisioneiros
rep – Se levarmos a sério o homem que agora aponta uma caçadeira à minha cabeça.
rep – Então aqueles que efectivamente estão sob a mira de armas são no fundo felizardos.
rep – Não espero sobrevier a isto.
rep – Mas sei que muitos de nós irão
rep -É possível ouvir disparos ao longe.
rep – Ele está aqui! Capitão Ameeeeerica
cap – Mas não para ser atingido por vós.
rep – Obrigado.
………………
100 dólares ao barril
( A elevada procura e a reduzida oferta, Verao de 2008)
Procuramos tudo, por todo o lado, mas nada…
O tempo havia passado, estávamos agora em Maio
O petróleo a barato, já era miragem…
c – Antes que isto termine -
c – Alguém irá explicar, ter coragem???
g – Como pode tal coisa acontecer aqui?
c – Dos terroristas nada, nem sinal…
g – A bomba teria sido falso alarme?
c – Tenho que me mexer
g – Vamos sair daqui.
c – A Sobrevivência está prestes a tornar-se norma.
g – E estes preços já são bastante difíceis de suportar…
g – Hmm! Dois coelhos de uma só cajadada
c – Mas são apenas crianças famintas…
g – Procurando comida no lixo
c – Primeiro, sair para o campo de cultivo
c – Segundo neutralizar o atirador furtivo.
g – Lamento rapazes.
g – Mas estou com pressa.
c – Mas não para ser atingido pelas costas.
Olhando os corpos no chão.
g – Estão usando crianças, para roubar..
………
90 dólares ao barril
preco atingido na elevada procura do Inverno de 2007











as economias começam a colapsar … ( … )
Bom Dia … Terra!!!
j – Bom dia eu sou… –
j – Estou em directo de um local que poderia ser qualquer cidade… –
j – Estou presa em …
al – Cabra, lê o que está escrito…
j – Capitão Ammmmmerica…!!!
Morra
al – Ou lês ou eles morrem… Cabra lê com essa boca pintada.
j – Ok, Aguardamos pela libertação de todos os presos de Guntanamo.
al – Continua… queremos que morra pelos crimes cometidos por uma nação sangrenta
j – Nuclear, Los Angels… tem uma…
al – Olha em frente cabra, vais morrer junto com eles.
Recebemos uma de cassete vídeo. Al-tarriq quis que soubéssemos o que nos iria custar a falta do Petróleo.
Aqueles reféns estão embrulhados como se fossem prendas
c -O que é que ele quer?
f – A ti…!!!
c – Então venham-me buscar.
f – Ele vai usa-la como isco, para te atrair.
c – Nesse caso a historia muda de figura.
f – Usa o “Terminator.
80 dólares ao barril …
tentativa de assassinar o cartonista da Dinamarca
preço atingido após invasão da Turquia ao Iraque
Durmam…
Durmam, enquanto podem…
O jornal já está no alpendre.
A disseminar mentiras sobre as reservas de petróleo.
Terrorismo não é um X-Acto de quatro euros…
Ou um envelope cheio de pó branco…
É o ódio, sobre a forma de bomba suja…
Ódio que levanta das areias sobre a forma de cogumelo…
Que faz arder até as casas, sobre a forma de nuvem de fogo…
dois minutos para a meia noite (two minutes for mid-night)
Exactamente como no pesadelo dela.
Uma onda, um cogumelo que se levanta do mar
como no filme… 10.45 junto da rede da escola…
c – Uma cidade inteira?
f – Se é que agora lhe podes chamar isso…
c – Só ficou pó…!!!
f – E tu para impedires que volte a acontecer.
……………
70 dólares ao barril …
Caricaturas de Maomé
preço atingido após ataque israelita ao Libano 2006.
Nas areias do Egipto ou no vento da Dinamarca…
Seja sobre as caricaturas de Maomé ou sobre Crucifixo.
Mostra-te apenas como banda desenhada.
Faz da verdade piada.
O teu inimigo usa armadilhas tu banda desenhada.
Este monstro é um estratega.
Já te forçou a quebrar as regras.
E ainda nem conseguis-te usar a melhor energia.
Isto é guerra…
Mas não são eles que sangram.
São as crianças, um rapaz, uma rapariga.
Pois o futuro é delas
A brincar com armas ou com bonecas
Um dia compreenderam porque foram atingidas
Mas já não terão idade para brincadeira
c – Talvez, talvez desta vez…
c – Não seja tarde de mais!!!
j – Por favor ajude aqui.
c - Desta vez. Desta vez…
c – Que não seja…
Hoje importa que lhe ensines a sorri…
Com uma banda desenhada que faça a diferença…
j – Isto parece um filme de cinema?
c – Hoje não será tarde demais
…………..
60 dólares ao barril …
Gibraltar o canal dos clandestinos…
preço atingido após ataque terrorista a Londres e Madrid 2005.
Anos depois dos atentados em Madrid
Alqueva, fronteira de Portugal Espanha
Um dia como outro qualquer…
a – É desta que o apanhas Manuel?
m – Quem aquele comprador de terrenos?
m – Vai oferecer-me uma ninheria e ficar rir-se da minha cara – como sempre!
THOOM
a – Que esplosão foi esta??
a – José!
m – António! António espera, espera!
a – José …!!!
THOOM THOOM
Mais a Sul no canal de Gibraltar
c – Chapa de identificação?
f – Não é um dispositivo de localização GPS.
f – Informa-nos se te afundares.
c – E?
f – E então acabam-se os rodeios e acabam-se as subtilezas.
f – Activamos a Força Marítima.
f – Eles salvam o máximo de imigrantes clandestinos mas não todos.
f – Eles são bons mas esse Al-Tariq…
f – É um monstro…
c – Eu também…!!!
………..
50 dólares ao barril …
Lembranças de Confrontos em Paris
preço atingido após ataques terrorristas á Russia e outros paises.
…………
c - Eu poderia ficar aqui a olhar-te…!
c - Mas é tarde mulher…
c - E não podes andar por ai sozinha.
j - Sei bem que horas são e onde estou.
j - Eu não vivo aqui. Não me chamo nem Samir, nem Osama.
j - Mas meus antepassados passaram por aqui a muito tempo atrás.
Mulher corajosa.
Nascida longe daqui.
Criado como se fosse aqui.
Mas isso agora pouco importa.
Estamos na Europa Ocidental em Paris.
p – Levaram-na.
p - Viciaram a minha Jenny.
p – Vão pagar por isso, escumalha!
j  – Cuidado Capitão!
Temos que ser mais fortes que nunca.
Ou eles teram ganho.
Podemos caça-los!
Podemos eliminar todos os vestigios do seu terror da Terra.
Podemos reduzir a pó tudo aquilo que eles procuram.
E não significará nada.
c – Assim não resole nada
p – Eu, eu…peço desculpa!
Temos que ser mais fortes do que nunca.
Todos os povos, toda a especie.
Temos que ser humanos…!
j  – Mais um que perdeu tudo.
p – Cap…! Capitão a culpa também é minha…
c – Tudo, a familia tb.
j - Terá sido o fanatismo ou a escumalha?
Ou eles teram ganho.
………..
40 dólares ao barril …
preço atingido após ao guerra ao Iraque 2003.
Atentado em Londres de 7 de Julho de 2005
f – Eu sabia, que encontraria aqui.
c – E onde é que devia estar?
f – A caminho de Londres, junto com ela.
f – Podes viver esta historia na viagem.
f – Oh desculpa Mad Max – é demais para ti.
f – Marca logo a viagem e anda dai.
f – Preciso de vós. Agora
c – Precisas de nós? Olha á nossa volta.
c – Nós precisamos deles.
c – Daqueles que nos podem dar emprego ou mais uns euros.
c - Vai tu armar-te em heroi, Fury…
c – Eu tenho uma familia para cuidar.
f – Certo soldado — tu é que sabes.
f – Viaja quando poderes.
A 100 anos
Esta teria sido uma outra historia.
Quando ainda, o sol brilhava a cima de nós.
A 50 anos
Quando ainda, a poluição não tinha tapado as estrelas,
e o céu era o nosso destino.
A 7 anos
Quando via-se Londres lá em baixo, pela janela do avião.
Depois do verde dos campos…!
A 2 anos
O fumo das bombas por momentos voltou!
Mas com uma calma imensa,
a policia capturou dezenas de terroristas…!
………..
30 dólares ao barril ...
preço atingido após a guerra contra a Alqueda 2002.











.link para >> Memorias do massacre de Beslan!
Memorias de Beslan …
c- Desta vez, …
c- …desta vez!
c- Chegarei no tempo certo.
p- Tem de dormir um pouco.
c- Já dormi demais.
c- Onde estava quando?
p- Não estava aqui?
c- Estava a correr pela tarde, no melhor momento.
c- Quando todos correm voltando a casa.
c- Vi muitas pessoas, tentando saltar pela janela.
c- Eles agarravam-se horrorizados.
p- As equipas de emergencia chegaram!
c- Tem visto a internet?
p- Sim demais até.
c- Já sabem?
p- Sim sabem, foi apanhado pelos alunos.
p- Foi arranjar uma fuga de gás na escola.
p- E na primeira oportunidade incediou-a.
c- Isto é guerra
O vosso inimigo tem um rosto
Gosta de sacrificios a deus
É essa a sua devoção
É essa a sua fé, carniceiros
Já mataram muitas crianças.
Recrutaram muitos jovens
Nos massacres das escolas da America.
Na Russia em Besland.
Mas hoje naquela escola foi diferente.
N se evitou-se o piorou.
……………..
20 dólares ao barril …
preço atingido após o pico e consequência do 11 setembro 2001 …
link para -> 11 Setembro
O teu destino é agora relevante.

…………
O teu destino é agora relevante.
Muito relevante… Tu e eu agora estamos juntos. Somos um so.
Agora fazes parte da viagem.
E algures no céu.
Um punhado de homens junta-se e intercepta um grupo de terroristas.
Vinte minutos depois
Trezentas pessoas salvas.
Agradecem uns aos outros o esforço feito e orgulham-se.
Em cada um de nós.
Existirá força? E vontade?
Podemos vence-los. Podemos reduzir a margem deles.
Podemos reduzi-los a cinzas.
Mas tudo isto valerá a pena.
Se deixarmos de depender do petróleo.
E ai sim teremos ganho.
* Energias Alternativas.
…………
10 dólares ao barril …
Preço mínimo atingido, pico do petróleo 2001 …












* Se não houvesse guerra o preço continuaria a subir, devido á quebra das reservas.









Indice
The work presented in this blog, is a study in niches in the existing society in many of the cities visited.
Many data are incorrect and need scientific confirmation.
Others followed strict criteria of research by many authors, whom I thank for his work.
Any error based on reading what I write here is not my responsibility.
The trademarks presented here has all rights to inventions or scientific works mentioned. The copying or reproduction is punishable under the law of the country where the crime is committed plagiarism.
Thank you …
Mid Night Duke…



Tarantula - Sons of the flame







CARRO VOADOR (SKY CAR) HYDROGEN ENERGY








*O FIM DO PETRÓLEO de James Howard Kunstler


O mundo industrializado assenta na energia barata. Agora, porém, o festim dos combustíveis fósseis baratos está a chegar ao fim, as alterações climáticas revelam-se iminentes e existe a possibilidade de os nossos modelos de indústria, comércio, produção alimentar e transportes, a nível...


James Howard Kunstler

James Howard Kunstler

James Howard Kunstler, urbanista, jornalista, crítico social, como o próprio se intitula, tem criticado as sociedades suburbanas, como modelo de vida que tem custos demasiado elevados e que no futuro está condenado a desaparecer. Na sua opinião, o estilo de vida norte-americano – e de uma forma geral o chamado “ocidental” – apenas se tornou possível por um episódio excepcional em que pudemos dispor de energia barata: o petróleo.

Com o fim desse período vantajoso e excepcional, veremos surgir uma nova sociedade, em que a economia e o quotidiano dos cidadãos sofrerão transformações radicais. Da crítica urbanística de The Geography of Nowhere: The Rise and Decline of America’s Man-made Landscape, publicado em 1993, Kunstler partiu para uma reflexão aprofundada sobre as consequências do “fim da energia barata”.

O livro lançado em 2005, “The Long Emergency: Surviving the End of the Oil Age, Climate Changes, and Other Converging Catastrophes of the Twenty-first Century”, editado em Portugal como “O Fim do Petróleo” - é uma mensagem de alerta. Kunstler considera que as alternativas energéticas, quaisquer que elas sejam, não serão o suficiente para evitar uma ruptura sem precedentes na História da humanidade. Uma das transformações deverá passar, sustenta, pela deslocação das pessoas das cidades para pequenas comunidades agrárias.

Num artigo de Maio de 2008 publicado no Washington Post, Kunstler referia que a América continua a acreditar na “Happy Motoring”, utopia de que é possível manter todo o sistema com outras fontes de energia que não o petróleo ou os seus subprodutos. O autor refere que nem combinando a energia solar, eólico, nuclear, etanol, biodiesel, entre outras, será possível manter o estilo de vida americano.

Na crítica de David Ehrenfeld, professor de Biologia na Universidade de Rutgers, ao livro de Kunstler na revista American Scientist podemos ler: “Kunstler, tal como Orwell, percebe que ser honesto acerca do passado e do presente é a única forma de nos prepararmos para um futuro incerto. Ele acredita que a civilização irá sobreviver ao fim do petróleo barato, mas não sem grandes perdas. ‘Quantas coisas familiares se perderão no tempo?’ pergunta-se. ‘O que irá restar na nossa memória colectiva?’ Nem todos os leitores vão gostar das respostas por ele dadas, mas penso que lhe devemos estar gratos por nos mostrar a necessidade de fazê-las.”

A sua escrita novelística e as suas capacidades enquanto comunicador ajudaram a ganhar o destaque público que actualmente tem, tendo dado palestras a organizações e instituições como o Google, o American Institute of Architects, o International Council of Shopping Centers, o The National Association of Science and Technology, a Yale University, o MIT, ou a Harvard University, entre outras. O próprio descreve as suas palestras como “stand-up comedy com alguns momentos negros”.

O seu último livro, “World Made By Hand”, é um romance enquadrado nos Estados Unidos num futuro pós-petróleo e pode considerar-se um exercício novelístico das temáticas do livro “The Long Emergency”.




Mais informações em: www.kunstler.com

…………….
ambiente





Indice

The work presented in this blog, is a study in niches in the existing society in many of the cities visited.
Many data are incorrect and need scientific confirmation.
Others followed strict criteria of research by many authors, whom I thank for his work.
Any error based on reading what I write here is not my responsibility.
The trademarks presented here has all rights to inventions or scientific works mentioned. The copying or reproduction is punishable under the law of the country where the crime is committed plagiarism.
Thank you …
Mid Night Duke…




Nenhum comentário:

Postar um comentário

midnightduke8 procure este none no Google
Find in the Google this name midnightduke8

(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio
(IPHE) International Partneship for lhe Hidrogen Economy