02 outubro, 2013

Aterragem São Paulo





 O meu nome é Duke. Este é o meu mundo.



 Aterramos Onde você Quiser, somos divulgadores da (PIEH) , Parceria Internacional Para a Economia do Hidrogênio. Soluções Ambientais Existem na área do hidrogênio que aleados á Produção de Energia a Partir da geotérmica fazem a diferença. Venha Descobrir algumas de uma forma divertida ...

 (PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio



ARCH ENEMY - You Will Know My Name


Aterramos em São Paulo, Brasil, um dos parceiros da (PIEH)Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio.


 Já chove em São Paulo?
 .. a situação não é mais dificil do que já foi no passado. Mas pode lá chegar e temos de estar preparados. É assim, politicamente vocês ai no Brasil têm a melhor democracia, todos são chamados gostem ou não gostem. Aqui só 30% da população foi votar para a Europa. Os outros se fossem obrigados votavam em quem? No partido comunista que é quem ainda defende este pais desde que entramos para a dita Europa. A nossa salvação está do lado dos comunistas, dos antigos sovieticos. Tudo seria diferente.

 O mais importante ninguém falou a falta de agua em São Paulo.
 Os do Sertão têm muita experiência nesse problema eu estive no Ceará e vi ..
 Se o Aecio ganha-se e continua-se com a experiencia da Dilma. Impossivel, nê (sorrindo com apiada) .. tudo é treta e jogo economico.
Quem defende o Brasil?
Quem está preocupado com a falta de agua ai em São Paulo, ninguém só a população em geral que sente a falta dela.

Hoje exedi a cota, espero pelo menos que alguém leia .. (sorrindo)
... vou publicar no meu blog na aterragem em São Paulo.
Para terminar, quando um politico, um empresario ou um lider religioso tirar partido deste problema (falta de agua) vai conseguir capitalizar as massas, acordar a sociedade que está em panico. ninguém quer pagar 100 reais por um barril de agua.
Aqui entra a economia do Hidrogenio beneficia todos e quem negoceia petroleo como fica? E quem quer vender agua a 200 reais como fica? Enfim, comentario demasido alongado .. as minhas desculpas.


Aterragem São Paulo (português)

midnightduke8

2. trecho 
Aterragem em São Paulo 


 Meu nome é Duke. 
 Este é o meu mundo. 
 Esta imensa planície umas vezes verde claro outras verde escuro, pintalgada de vermelho, com um aeroporto no meio é Congonhas. 
 Aqui fica o 
International Airport de Congonhas, um dos grandes aeroportos da cidade a maior do mundo que fala português. 
 Dois grandes tanques um em cada lado do parque frente á gare, bem distantes um do outro são bem visíveis. Pode-se ler em letras gigantes no da esquerda quem sai do aeroporto "O" Oxigénio. No outro da direita "H2" Hidrogénio. 
 No meio destes muitos <
Sky Car>Onibus a Hidrogénio e Helicópteros de motor de combustão interna adaptados a hidrogénio. 
 Após o abastecimento, não precisamos rolar na 
autoestrada. O muito espaço existente permite-nos descolar logo na vertical. 
 Um sinal enviado pela torre de controle, bem visível, bloqueia-nos 
eletronicamente qualquer acesso ao aeroporto. A altitude de uns 100m dá-nos uma visão maravilhosa sobre o movimento de aviões na pista. 
 O nosso rumo em 
direção ao centro da cidade, faz-nos passar sobre a autoestrada onde até as placas indicadoras são verdes. Podemos ver placas horizontais de indicação, destinadas a quem voa colocadas nos jardins da autoestrada. O movimento de veículos na autoestrada, outrora mais numeroso tem vindo a decair. Em parte devido á falta de investimento nestas dispendiosas infraestruturas
 O movimento aéreo cresceu, principalmente helicópteros herdados do tempo do petróleo que aparecem convertidos em veiculo de combustível a hidrogénio. O controlador de trafego permite a estes uma maior amplitude podendo sobrevoar casas. 
 Nós vamos sobrevoando um corredor aéreo sobre a 
autoestrada que nos permite sempre pousar em qualquer espaço nas orlas desta. Um Ónibus a hidrogénio que rola mesmo por baixo de nós, entra num parque de estacionamento amplo. Nós aproveitamos e pousamos. 
 Pausa para algo de bom que os subúrbios de São Paulo têm. 
 Um café e todo o resto, gente divertida que compra e vende. 
 Vamos a uma feira ...
 Já habituados á presença da policia federal o povo continuou a festa, nem se assustou á nossa aproximação aérea.  
 Quando descemos e aterramos foi isto que encontramos, musica popular, trovas cantadas (o vídeo que apresentamos TROVAS 1 Mulher contra 3 Homens.).
 Nós somos o <Sky Car> e isto é São Paulo no seu melhor!

 "- Agora vou contar a historia dum pinto velho bem grande que vai apavorar meio mundo..."

 A rir é que a gente se entende!
 Esta é a maior cidade fundada pelos português, 30 milhões espalhados pela extensa chapa verde que fica para lá da Serra da Cantareira, para quem segue o rio Tietê vindo de Santos na orla Atlântica.


Bartolomeu Lourenço de GusmãoSJ (Santos1685 — Toledo18 de novembro de 1724), cognominado o padre voador, foi um sacerdote secularcientista e inventor português nascido na capitania de São Vicente, em Santos, nacolónia portuguesa do Brasil, famoso por ter inventado o primeiro aeróstato operacional, a que chamou de "passarola".


Este é o padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão, natural de Santos. Professor de Matemática, Ciência, Física, doutor em Cânones, foi denominado "o padre voador", devido a suas experiências com o aparelho de sua invenção, a Passarola.
Aqui vemos a Passarola, a genial invenção do padre voador, que realizou sua ascensão oficial em Lisboa, a 5 de agosto de 1709, perante o rei de Portugal e sua corte. Era um instrumento de caminhar pelo ar muito mais rapidamente do que na terra e pelo mar, fazendo algumas vezes mais de duzentas léguas de caminho por dia.


Bartolomeu de Gusmão e o seu balão



Lançado no Brasil livro sobre o Padre Inventor

Notícia saída no jornal Público na passada segunda-feira:

"Coimbra, 22 ago (Lusa) - O primeiro livro da coleção “Brasiliana da Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra”, destinada a divulgar documentos desta biblioteca que interessam à História do Brasil, é lançado terça-feira na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Intitulado “Bartolomeu Lourenço de Gusmão - o padre inventor”, o volume “compila toda a documentação manuscrita existente na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (BGUC) de e sobre” o sacerdote e cientista, “numa edição bastante cuidada enriquecida com os preciosos fac-símiles das várias dezenas de documentos incluídos” - lê-se numa nota.

A obra contém textos do professor português Carlos Fiolhais e dos académicos brasileiros Francisco Caruso, Adílio Jorge Marques, Lorelai Brilhante Kury e Célia Cristina da Silva Tavares, refere ainda a nota, ao adiantar que se prevê que a obra possa ser também distribuída em Portugal pela Imprensa da Universidade de Coimbra (UC).

“O padre Bartolome Lourenço de Gusmão é uma personagem fascinante da História de Portugal e é venerado no Brasil”, disse hoje à Agência Lusa o diretor da BGUC, José Cardoso Bernardes.

Um dos manuscritos reproduzidos é o “Manifesto Sumário para os Que Ignoram Poder-se Navegar pelo Elemento do Ar”, escrito pelo “padre voador” em 1709, e no qual pretendia “mostrar a possibilidade da aeronáutica”.

Esta edição integra-se nas comemorações dos 60 anos da UERJ, “mas a série prosseguirá com a edição de mais documentos inéditos conservados nos ricos fundos” da Biblioteca Joanina e da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.

A coleção resulta de uma parceria entre a UERJ e a BGUC e será produzida pela editora Andrea Jakobsson Estúdio.

“Há um grande acervo na Biblioteca Joanina de estudantes brasileiros da Universidade de Coimbra, que se destacaram mais tarde”, referiu o diretor da BGUC.

Segundo José Cardoso Bernardes, no século XVIII os estudantes brasileiros chegaram a ser 10 por cento do total de alunos da Universidade de Coimbra.

O catedrático da Faculdade de Letras adiantou à Lusa que os dois próximos volumes da “Brasiliana” serão sobre uma confraria brasileira sediada em Coimbra e acerca do papel de brasileiros na reforma pombalina da UC.

De acordo com José Cardoso Bernardes, o projeto foi lançado pelo anterior diretor da BGUC, o físico Carlos Fiolhais, e surgiu no âmbito do denominado Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras. "



Meu nome é Duke. Isto é o Sky Car. Esta são Cidades do Hidrogenio e da Geotermica O trabalho apresentado neste blog, é um estudo de nichos sociais existentes em muitas das cidades visitadas. Muitos dados estão incorrectos, precisam de confirmação científica. Outros dads seguiram rigorosos critérios de investigação por muitos dos autores, a quem agradeço pelo seu trabalho. Peço desculpa por qualquer erro, baseado nas traduções do que eu escrevo aqui. Pois o meu conhecimento linguitico sobre tais linguas provem do tradutor do Google. As marcas apresentadas aqui tem todos os direitos sobre invenções ou trabalhos científicos citados. A cópia ou reprodução é punível nos termos da lei do país em que o crime de plágio é cometido. Obrigado ... Mid Night Duke ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

midnightduke8 procure este none no Google
Find in the Google this name midnightduke8

(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio
(IPHE) International Partneship for lhe Hidrogen Economy