03 novembro, 2014

Landing Hawaii


EVANESCENCE - Lost Paradise

midnightduke8


Você saberá o meu nome!


O meu nome é Duke.
Este é o meu mundo.
Aterramos em Hawai, Estados Unidos da Aerica um dos parceiros da (PIEH)Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio.

Recentemente, não muitos, após minutorizar a terra através de satelites, descobriu-se o porquê do vulcão Havaiano ser diferente de todos os outros existentes na terra. Este vulcão está em constante erupção, nunca pará ao contrario dos outros que esvaziam a cratera e ficam adormecidos, até que esta se encha.
A zona do Havai aparecia ao contrario das outras muito mais escura. Isto é a radio frequência indicava que algo massiço se escondia por debaixo do leite maritimo indo para lá da crosta, até o manto da terra.
As especulações foram muitas, mas após analize promenorizada os cientistas do NGS (National Geografic Society) descobriram e fizeram um video sobre o que tão misterioso se encontra debaixo do leito maritimo Havaino.
A radio frequencia dos materiais mostrou que se tratava de massa continental afundada no manto da terra, por debaixo da crosta maritima do pacifico.
Um continente afundado que á luz das evidencias, explica por exemplo porque a Peninsula Iberica não se encaixa no mosaico teorico inicialmente construido para explicar como eram os continentes á 65 milhões de anos antes da queda do meteoro.
Outros exemplos dificieis de explicar ressalvam á vista, se olharmos o fundo dos oceanos. Vemos movimentos de montanhas que demontram que os continentes actuais foram comprimidos e não deslocados.
Os proprios materiais encontrados unicamente na costa oeste australiana e no nordeste brasileiro, indicam que estes dois continentes estiveram um dia ligados entre si. A prova são as Opalas arco-iris que não se encontram em mais nenhum lugar do mundo.
Vamos ver o video do NGS ... (infelizmente não consegui encontrar o video).
Fica apenas a foto.

Estudo traz novos dados sobre a formação vulcânica do Havaí
06 de novembro de 2014

Por José Tadeu Arantes Agência FAPESP 

– Em geral lembrado apenas nas páginas dedicadas ao turismo, o Havaí tem gerado, nas últimas semanas, notícias menos amenas. Com temperatura da ordem de 900 graus Celsius e velocidade média de 13,7 metros por hora, uma grande massa de lava derretida, expelida pelo vulcão Kilauea, avança pela Big Island, a maior ilha do arquipélago havaiano, ameaçando residências e estabelecimentos comerciais.
Constituído por um conjunto de ilhas que são, elas mesmas, produtos da atividade vulcânica, o Havaí localiza-se em uma das áreas de maior vulcanismo do mundo. Por isso, sua formação e estrutura geológicas têm sido intensamente investigadas.
Um estudo, que reuniu pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da University of California em Berkeley (UCB), nos Estados Unidos, trouxe agora uma contribuição ao assunto. O grupo foi liderado pelos veteranos professores Iuda Goldman (USP e Lawrence Berkeley National Laboratory) e Eric Norman (UCB) e pelo professor Paulo Pascholati (USP).
Os resultados foram sintetizados na dissertação de mestrado de Pedro Vinícius Guillaumon, recentemente apresentada no Instituto de Física da USP, com o título “Busca de Oligoelementos em Rochas Vulcânicas”.
“Estudamos amostras de material produzido por 11 vulcões, quatro deles situados no Havaí: Kilauea e Mauna Loa, na Big Island, e Kauai e Haleakala, em ilhas menores. Com o auxílio de um método de ativação por nêutrons térmicos associada à espectroscopia nuclear, conseguimos determinar a presença de 33 elementos químicos nessas amostras”, disse Goldman à Agência FAPESP.
Um achado importante foi o de que as porcentagens de ferro presentes nas amostras colhidas não são iguais para os diferentes vulcões havaianos. Elas crescem de 7,7% no Kilauea, para 8% no Mauna Loa e 8,7%, nos vulcões das ilhas menores. A crosta terrestre, utilizada como referência, apresenta 5,8% de ferro.
“Esses resultados são consistentes com o conhecimento de que a abundância de ferro aumenta com a profundidade. E parecem corroborar a hipótese de que as ilhas havaianas foram formadas por dois canais de lava e não por um único canal, como se pensava anteriormente”, afirmou Goldman.
Supõe-se que a lava vulcânica provenha da região do magma, situada cerca de 50 quilômetros abaixo da crosta terrestre. A ideia bastante consolidada entre os estudiosos é a de que, quanto mais profundamente situado no magma, maior a composição em ferro do material considerado.
E a abundância de ferro continua aumentando no sentido do centro da Terra. O núcleo sólido do planeta, localizado a mais de 5 mil quilômetros abaixo da crosta, apresentaria uma predominância de ferro estimada em 80%.
“A hipótese tradicional sobre a formação do arquipélago havaiano afirmava a existência de um único canal de lava, proveniente do magma, que teria dado origem às ilhas existentes na área. Mas estudos recentes, que mediram concentrações de isótopos do chumbo nas rochas vulcânicas, apontaram a possibilidade de existirem dois canais de lavas distintos. Nosso trabalho, com o ferro, forneceu um indicativo forte, embora não conclusivo, a favor dessa segunda hipótese”, disse Guillaumon, agora doutorando.
“As amostras colhidas nos vulcões, de apenas um grama cada, foram irradiadas com nêutrons em reatores nucleares. Ao capturar um nêutron, o átomo de um elemento químico presente na amostra assume a configuração de um isótopo radioativo. Por meio do espectro da radiação emitida, é possível determinar a natureza desse elemento”, informou Goldman.
Para irradiar as amostras foram utilizados dois reatores nucleares. Parte do material foi irradiada no reator do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), no campus da USP, parte em um reator da University of California, no campus de Sacramento, onde Guillaumon estagiou. No estudo da radiação emitida, utilizou-se a espectroscopia gama, que permite investigar a banda de frequências mais altas do espectro eletromagnético.
Goldman, nascido na Polônia em 1932 e atualmente professor titular aposentado da USP e pesquisador convidado do Lawrence Berkeley National Laboratory, administrado pela UCB, aperfeiçoou o método de medida utilizado no estudo ao longo de 60 anos de atividade na física brasileira.

Kilauea is the youngest and most active Hawaiian shield volcano, located on the southern part of the Island of Hawai'i, known as Big Island. Hawai'i is the southernmost and largest of the island chain, which owes its existence to the very active Hawaiian hot spot.
Kilauea volcano is near-constantly erupting from vents either on its summit (caldera) or on the rift zones. At present, Kilauea volcano is still having one of the most long-lived eruptions known on earth, which started in 1983 on the eastern rift zone and has mainly been concentrated at the Pu'u 'O'o vent.
midnightduke8

Havaí declara estado de emergência por erupção de vulcão Kilauea


Washington, 5 set (EFE).- As autoridades da ilha do Havaí declararam estado de emergência por causa do avanço da lava do vulcão Kilauea para áreas residenciais e a possibilidade de atingir as primeiras casas nos próximos dias.
O decreto, promulgado na quinta-feira, não determina a saída dos moradores, mas pretende servir de aviso à população para que estejam conscientes do perigo e tenham tempo suficiente de deixar a região ameaçada antes do avanço da lava.
As erupções do Kilauea são contínuas desde 1983 e as autoridades vigiam o avanço da lava desde o início de agosto.
A lava expulsa pelo Kilauea, um dos maiores vulcões do mundo, pode alcançar as primeiras áreas residenciais nos próximos sete dias.
A área conhecida como Ka'ohe Homesteads é a que está em maior risco por enquanto.
A ilha do Havaí, também conhecida como Ilha Grande para diferenciá-la do estado homônimo, é a maior das oito que formam este arquipélago do Pacífico.EFE

O Kīlauea é um vulcão localizado no Parque Nacional de Vulcões doHavaí, nos Estados Unidos. Em dezembro de 2005 uma parede de rochas desmoronou, causando um abismo de 18 metros à beira do mar e um rio de lava do Kilauea, que formou uma plataforma que dá continuidade ao continente. A queda de lava e rochas é a maior já registrada no Kilauea desde que entrou em erupção, em 1983.A mais recente erupção foi registrada em 5 de agosto de 2011. É considerado pelos cientistas o vulcão mais ativo do mundo, de um lote que inclui o Stromboli e o Etna(Itália), o Monte Érebo (Antártida) e o Piton de la Fournaise (Reunião). O vulcão se tornou uma atração turística a partir da década de 1840, e os empresários locais, construíram vários hotéis na orla, o mais famoso dos quais é o Volcano House, único hotel e restaurante localizado dentro das fronteiras do Parque Nacional de Vulcões do Havaí. Hoje, o Kilauea é visitado por cerca de 2,6 milhões de pessoas por ano, através do renovado Kilauea Visitor Center, perto da entrada do parque. O Museu Thomas A. Jaggar, localizado na borda da caldeira possui um deck de observação que oferece a melhor vista abrigada da cratera.A atual erupção do Kilauea remonta a janeiro de 1983, e é de longe sua erupção mais longa, bem como uma das erupções mais longas do mundo; a partir de janeiro de 2011, a erupção produziu 3,5 km³ de lava e ressurgiu 123,2 km2 de terra.


Meu nome é Duke. Isto é o Sky Car. Esta são Cidades do Hidrogenio e da Geotermica O trabalho apresentado neste blog, é um estudo de nichos sociais existentes em muitas das cidades visitadas. Muitos dados estão incorrectos, precisam de confirmação científica. Outros dads seguiram rigorosos critérios de investigação por muitos dos autores, a quem agradeço pelo seu trabalho. Peço desculpa por qualquer erro, baseado nas traduções do que eu escrevo aqui. Pois o meu conhecimento linguitico sobre tais linguas provem do tradutor do Google. As marcas apresentadas aqui tem todos os direitos sobre invenções ou trabalhos científicos citados. A cópia ou reprodução é punível nos termos da lei do país em que o crime de plágio é cometido. Obrigado ... Mid Night Duke ...
...  The work presented in this blog, is a study of existing in many of the cities visited social niches. Many data are incorrect, need scientific confirmation.  Other dads followed strict criteria investigation by many authors, whom I thank for their work.  I apologize for any error, based on translations of what I write here. For my linguitico knowledge of such languages ​​comes from Google translator.  The marks contained herein has all rights to inventions or scientific papers cited. Copying or reproduction is punishable under the law of the country where the crime is committed plagiarism. Thank you ... Mid Night Duke ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

midnightduke8 procure este none no Google
Find in the Google this name midnightduke8

(PIEH) Parceria Internacional para a Economia do Hidrogênio
(IPHE) International Partneship for lhe Hidrogen Economy